Renda Fixa

É o investimento que possui remuneração paga em intervalos e condições predefinidas. São exemplos de títulos de renda fixa: CDBs, debêntures, letras de crédito imobiliário, letras de crédito agrícola e Tesouro Direto.

Renda Variável

Investimento em ações de companhias abertas – aquelas cujas ações são negociadas em bolsa. Nessa modalidade, o retorno do investidor é composto pela valorização no preço das ações e recebimento de dividendos. A mesa de renda variável oferece a possibilidade de operações estruturadas, que permitem ao investidor alavancar sua exposição ou proteger suas posições.

Fundos de Investimento

Carteiras profissionalmente geridas, que combinam renda fixa e renda variável, restritas a determinado perfil de investimento.

Certificado de Operações Estruturadas

Muito populares nos EUA e Europa, os COEs são investimentos que mesclam elementos de renda fixa e renda variável, com cenários de rentabilidade predefinidos.